A maioria das lojas especializadas oferece pinheiros artificiais, mas ainda é possível encontrar exemplares naturais em algumas floriculturas da cidade. Elas também inovam as ofertas e apresentam pinheiros de madeira, além da clássica flor vermelha de Natal, a Espírito Santo.

O florista Thiago Alexandre Tosi, da Colorida Flor Atelier, no Bairro Pioneiros, disse que o pessoal vem resgatando o gosto por tempos passados.

“Até nos surpreendemos porque está havendo muita procura. As pessoas dizem que lembram dos tempos dos pais. Procuram tanto os pinheiros naturais como os de madeira decorados”.
Publicidade

A flor Espírito Santo, aquela vermelha que lembra o Natal também tem grande procura.

Suzana Mendes, da Kasa Flor, no centro, disse que a procura este ano reduziu em relação ao ano anterior. Ela tem pinheiros naturais (de R$ 25 a R$ 120, mas sob encomenda). “Nos outros anos recebíamos mais encomendas. Acredito que o pessoal está procurando mais os artificiais ou muitas vezes estão até deixando a decoração de lado”, opina. A flor Espírito Santo (de R$ 18,50 a R$ 29,50), continua tendo boa procura nesta época.