O Noel com a filha Jaqueline. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Uma menina de 4 anos pediu que eu pedisse a Jesus para fazer o pai voltar a andar”.

Por Renata Rutes
O empresário Jair Urbanek, 46 anos, é o Papai Noel do Balneário Shopping. Morador de Balneário Camboriú há 20 anos, ele foi influenciado a abraçar a profissão de Noel pela filha Jaqueline, que fotografa o Natal do shopping há alguns anos. Jair é o ‘bom velhinho’ do empreendimento há dois anos e afirma que a experiência é ‘maravilhosa’.

Com a clássica barba branca e o sorriso acolhedor, ele faz sucesso com a criançada, recebendo-as todos os dias até 24 de dezembro. Apesar do trabalho puxado, o empresário Jair conta que tudo começou como uma brincadeira. Um dia sua filha levou a roupa do Noel do shopping para casa para lavar, e ele provou o uniforme.

Publicidade

“Todos gostaram e o shopping me convidou para trabalhar com eles. A minha primeira participação foi no Natal do dono do empreendimento, o Almeida Júnior. Esse é o meu segundo ano como Papai Noel deles. Também trabalho na noite de Natal, vou em cerca de 10, 12 casas”, conta.

Jair faz a barba somente no dia 25 de dezembro de cada ano e depois a deixa crescer para o próximo Natal. Apesar de já ter fios brancos, alguns ainda nascem escuros e por isso ele também descolore a barba.

“Para mim esse trabalho é uma diversão, sempre gostei muito de crianças. Tenho quatro filhos, inclusive uma de dois anos”. (ela se assustou quando viu o pai com o uniforme de Noel a primeira vez, mas hoje já o espera à noite e pede balas).

“O Natal é uma data que felizmente ainda tem muito simbolismo, é muito importante. Os pais interagem, trazem seus filhos para nos visitar, trazem cartinhas. Muitas crianças acreditam no Papai Noel, há algumas que falam que o coleguinha da escola disse que não sou de verdade, mas peço para elas puxarem a minha barba e elas ficam surpresas e voltam a acreditar” (risos).

No shopping ele recebe crianças de todas as idades e classes sociais. Como muitas levam as clássicas cartinhas, ele seleciona algumas para realizar pedidos e salienta que já ouviu muitas histórias nesse tempo que atua como Noel. Uma das que mais marcou foi a de uma menina de quatro anos que foi com o pai que é cadeirante (por conta de um acidente). Ela pediu para que o Noel pedisse para Jesus fazer o pai dela voltar a andar.

“Eu não aguentei e chorei, assim como o pai dela. Foi bem marcante. Também já recebi pedidos inusitados, como um camaleão e um macaco de verdade (risos).

“As crianças ainda pedem carrinho, boneca, mas os principais pedidos são eletrônicos, principalmente celular, o famoso iPhone 11 (que custa cerca de R$ 4,5 mil), além do boneco do youtuber Luccas Neto (aproximadamente R$ 120,00) e a Casa Lol (custa aproximadamente R$ 1, 8 mil). Também já ouvi crianças que dizem que já tem tudo e querem saúde e alegria para a família. Vivi e vivo muitos momentos especiais como Noel, é uma experiência maravilhosa”, acrescenta.